Diário de Teresina - Informação com qualidade! Diário de Teresina - Informação com qualidade!

Utopia FM - Diário de Teresina - Informação com qualidade!

Reclamações de atraso na conclusão dos acessos da Ponte Anselmo Dias

Oito meses após entrega da ponte, que liga as zonas Sul e Sudeste de Teresina, os acessos laterais não foram concluídos.


Reclamações de atraso na conclusão dos acessos da Ponte Anselmo Dias

Ponte Anselmo Dias, que liga as zonas Sul e Sudeste de Teresina, foi liberada para o tráfego de veículos em novembro do ano passado. Oito meses depois, os acessos não foram concluídos e virou alvo de reclamações dos motoristas que trafegam pelo bairro Dirceu.

A Avenida José Francisco de Almeida Neto, conhecida como avenida principal do bairro, teve quase todos os retornos fechados, com objetivo de evitar acidentes e deixar o tráfego a ponte Ancelmo Dias mais rápido. No entanto, sem a conclusão dos acessos a situação só piorou.

"Temos dificuldade de chegar ao serviço a tempo, devido aos acessos não estarem prontos. Se estivesse funcionando, seria bem mais fácil", declarou um motorista.

O comerciante Francisco Alencar tem um comércio na região, mas mora na Zona Leste da cidade. Ele conta fazer o trajeto várias vezes e reclama do percurso, além dos prejuízos. "Eu consumo mais tempo e combustível, faço várias viagens e perco clientes para chegar até o meu trabalho. Se os acessos estívessem funcionando, diminuiria o prejuízo e o percurso", comentou Francisco.

Enquanto isso, na obra poucos operários estão trabalhando e apenas uma máquina funcionando. O prolongamento deve ligar a ponte as zonas sul, leste e sudeste de Teresina. De acordo com a prefeitura, a obra orçada em R$ 72 milhões parou por questões burocraticas e que estão sendo resolvidas. A previsão é que até o próximo semestre a construção deve ser totalmente inaugurada.

"Apesar da crise financeira, a obra está com todos os recursos garantidos. O que temos ali é uma questão burocrática, com relação medições e aditivos que estão sendo analisados pela Caixa Econômica. Isso realmente demanda um tempo e esperamos até o final do mês resolver isto, para que possamos concluir todo o projeto", declarou o superintendente da Superintendência De Desenvolvimento Urbano (SDU) Sul, Evandro Hidd.

Conforme o superintendente, a obra encontra-se 95% concluída, faltando apenas seis metros de calçadão, o asfalto e iluminação. A expectativa é que 50 dias após a análise da Caixa, a construção seja finalizada.

Conteúdo relacionado